Edésio Adorno
Tangará da Serra

image

O prefeito de Tangará da Serra, Vander Masson (PSDB), o secretário de Infraestrutura, Marcos Scolari (PTB) e sua assessoria cometeram mais uma derrapada, na manhã desta segunda-feira. Logo cedo, a assessoria de comunicação da prefeitura postou um convite a imprensa.

Convidamos a todos para acompanhar/registrar o início das obras de pavimentação da MT-240, entre a MT-358 (Bar do Bigode/Serra Tapirapuã) e a cidade de Santo Afonso. Obra é uma parceria do Governo do Estado e as Prefeituras de Tangará da Serra e Santo Afonso. O prefeito, Vander Masson, e o secretário de Infraestrutura, Marcos Scolari, estarão no local às 14h de hoje acompanhando o início das obras. Estão todos convidados para registrar o pontapé inicial dessa obra tão aguardada e almejada pela população regional”, escreveu a assessoria de Masson

Para o começo das obras de pavimentação, que é um projeto antigo, esperado a décadas pela população e somente será executado graças ao empenho do Governo de MT e da parceria celebrada com a Associação dos Beneficiários da Rodovia MT-240 e prefeitura, Vander Masson não convidou nenhum dos parceiros.

O chefe do executivo de Tangará da Serra não convidou o deputado Dr João Matos (MDB), que desde o primeiro dia de seu mandato reivindica a obra, nem o vice-governador Otaviano Pivetta, que percorreu o trecho e se reuniu em Tangará da Serra com prefeitos e lideranças para definir a realização da obra.

O prefeito de Santo Afonso também foi olimpicamente esquecido.

O chefe da Sinfra/MT, Marcelo Oliveira, sequer foi avisado do ‘inicio das obras de pavimentação’, conforme anunciado pelo prefeito Vander.

A construtora que venceu a licitação para realizar a obra de pavimentação, por questão burocrática, ainda não montou acampamento e nem descolocou equipamentos para a região. O presidente da Associação dos Beneficiários da MT-240, José Afonso Gonçalves, tomou conhecimento do fato por meio deste site.