Proposta é de Lúdio Cabral (PT) — Foto: Fablício Rodrigues/ ALMT

Por G1 MT

A escola passou a ser militar, e por causa disso, um decreto estadual assinado pelo governador Mauro Mendes (DEM) e publicado na semana passada mudou o nome da unidade para Escola Estadual da Polícia Militar “CB PM RR Davi Maciel de Campos”.

O projeto do deputado estadual Lúdio Cabral (PT) tira os efeitos do decreto estadual.

O parlamentar argumenta que o governador tomou a decisão de retirar o professor Natalino do nome da escola sem discutir com a comunidade escolar.

De acordo com o deputado, a mudança na escola Natalino Ferreira Mendes ataca a memória da população e retira da escola o nome de um homem que dedicou sua vida a ensinar e a registrar a história de Cáceres.

Natalino Ferreira Mendes é natural de Cáceres. Professor, poeta, memorialista e cronista. Seus textos são fruto de pesquisa histórica em arquivos públicos e particulares.

Dentre as suas obras, destacam-se: História de Cáceres: administração municipal (1973 e 2009); Marco do Jauru (1983); Efemérides cacerenses (1992); Anhuma do Pantanal: poesia da terra (1993); Memória cacerense (1998), História de Cáceres: origem, evolução, presença da Força Armada (2010), dentre outros, além de ser o autor do Hino do município de Cáceres.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui