Vander Masson

O prefeito de Tangará da Serra, Vander Masson (PSDB), concedeu na manhã desta quarta-feira, 07, uma coletiva à imprensa em seu gabinete, oportunidade em que anunciou que a partir das 18h o decreto municipal definindo as medidas que serão adotadas pelo município no enfrentamento à Covid-19 será publicado.

Tangará foi classificada na noite de terça-feira, 06, como ‘risco muito alto’ para contágio pelo novo Coronavírus e dessa forma a cidade passou a ser enquadrada como necessidade de promover regras mais rígidas, como quarentena, por exemplo. “Estamos fazendo um pedido para o governo do Estado e para a Justiça do Estado para que possamos ser enquadrados da mesma forma que ocorreu com Cuiabá”, disse o prefeito.

“Nossa situação ainda não é tão grave. Produzimos o documento, protocolamos junto ao governo e aguardamos uma reunião para a tarde para que assim possamos definir como será o nosso decreto a partir das 18h”, disse Masson.

O chefe do Executivo informou que no documento, solicitou para que não seja obrigatório a realização de barreiras sanitárias em Tangará. “Vamos pedir para não fazer as barreiras. Queremos o mesmo tratamento que foi dado a Cuiabá. Estamos fazendo o dever de casa e somos mato-grossenses da mesma forma”, enfatizou.

Masson informou ainda que solicitou do Estado a ampliação do horário de funcionamento dos supermercados para tentar reduzir aglomerações em horários de pico e anunciou mais medidas. “Fizemos o pedido de sete respiradores, em 15 dias devem chegar, para implantarmos mais sete leitos de UTI. Assim completaremos 20 leitos de UTI. 10 leitos ficarão especificamente para atender a nossa população e outros 10 ficarão para atender a população de Mato Grosso pois serão conveniadas com o governo do Estado e governo federal”, explicou.

DIÁLOGO

Vander Masson está dialogando com o Governo do Estado e com o Poder Judiciário de Mato Grosso com o intuito de evitar a adoção de medidas restritivas mais duras em Tangará da Serra. O diálogo foi iniciado após a classificação do município com Risco Muito Alto de contaminação pela COVID-19, conforme consta no Boletim Informativo n° 394 divulgado nesta terça-feira, dia 06/04, pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

De acordo com o prefeito, somente após diálogo com os dois poderes, um novo decreto será emitido pelo Município. O objetivo é buscar um entendimento e editar medidas mais brandas, sem a quarentena obrigatória, sem fechamento de comércio e sem a implantação de barreiras sanitárias, conforme previsto em Decreto Estadual.