Aglomeração no Centro de Eventos em busca de vacina — Foto: Divulgação

Por G1 MT

Já a prefeitura alega que o problema se deve a uma notícia falsa que circula com um suposto calendário de vacinação para todas as faixa-etárias.

Nessa terça-feira (23), no começo da tarde, houve uma instabilidade no site onde é feito o cadastramento e o agendamento da vacinação em Cuiabá. Algumas pessoas alegam que conseguiram agendar, tiveram a confirmação de horário da vacina, mas não foi gerado o QRCode e por isso estavam com dificuldades para se vacinar no local.

Várias pessoas, inclusive de outras cidades, foram até o ponto de vacinação, que é o único de Cuiabá.

Fake news circula em grupos de WhatsApp — Foto: Divulgação

Fake news circula em grupos de WhatsApp — Foto: Divulgação

Outro problema foi o aumento no número de pessoas acessando o o site da campanha “Vacina Cuiabá”, gerando instabilidade e queda no sistema. Foram mais de 50 mil acessos em apenas 5 minutos, de acordo com a prefeitura.

Diante disso, a coordenação da campanha foi obrigada a fechar os portões por volta de meio-dia, para evitar mais aglomeração e permitir a continuidade do trabalho.

Muitos agendamentos que haviam sido feitos foram perdidos, porque o sistema ficou instável. Algumas pessoas conseguiram fazer o print para a comprovação e permaneceram no local para receber a dose.

As pessoas que agendaram para esta quarta-feira (23) e que não conseguiram entrar no Centro de Eventos devem aguardar informações dos canais oficiais da Prefeitura.

A campanha de vacinação começou no dia 20 de janeiro. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde mais de 50 mil pessoas foram imunizadas. Atualmente, são contemplados idosos com idades entre 75 e 79 anos.

Mais de 700 pessoas foram vacinadas nesta quarta-feira (24). Outras 400 devem ser imunizadas no período da tarde.