O homem acusado de cometer o crime tem 22 anos

Uma menina de apenas 9 anos teria sido violentada por seu próprio padrasto no Jardim Santa Lúcia, em Tangará da Serra. O crime, segundo informações, foi flagrado pelo irmão da vítima, um garoto de 11 anos.

O homem acusado de cometer o crime tem 22 anos e não teve sua identidade revelada. Ele é casado com a mãe das crianças. Ainda de acordo com as informações recebidas pela reportagem, o indivíduo foi visto pelo irmão da vítima praticando o ato criminoso.

Ele teria entregado seu aparelho celular para a menina e efetuado o abuso sexual. Conforme o boletim de ocorrência, o abuso teria ocorrido quando a mãe da vítima estava tomando banho. O irmão relatou a mãe que havia visto o padrasto com a bermuda abaixada, na sala da casa, em cima da criança.

Assim que soube do que aconteceu, a mãe perguntou para a criança se ela havia sido abusada, a menina disse que estava com dor nas partes íntimas. A polícia foi acionada imediatamente após a confirmação da vítima e efetuado a prisão do acusado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui