Oeconomista Valdecir Feltrin, irmão do advogado José Roberto Feltrin, assessor parlamentar do deputado federal José Medeiros (Podemos) que faleceu na última terça (18) por complicações da Covid-19, atesta a autenticidade do  áudio deixado pelo irmão para ser divulgado caso não resistisse à doença. Na gravação, ele responsabiliza o presidente da República Jair Bolsonaro e o próprio Medeiros pela sua morte  porque, segundo ele, ambos trabalharam contra a vacinação dos brasileiros.

Rodinei Crescêncio

Feltrin dentro

Economista Valdecir Feltrin atesta veracidade do áudio e diz concordar com o conteúdo da gravação feita pelo irmão José Roberto, que morreu de Covid

“Eu não sabia que essa gravação existia, mas tenho certeza que é a voz do meu irmão”, declarou Valdecir Feltrin, que já ocupou os cargos de secretário de Finanças e de Saúde na Prefeitura de Rondonópolis, além  de secretário estadual de Fazenda.

A declaração desconstrói a nota divulgada por Medeiros na manhã desta sexta (21). Para se defender, a assessoria do  parlamentar escreveu que:  “a veracidade do áudio é questionada, mas infelizmente o Feltrin não está mais aqui para esclarecer a situação”.

O Governo Federal optou pela tese da  imunização de rebanho. Um pessoal maluco, doente. Infelizmente, o José Roberto é mais uma vítima”

Valdecir Feltrin

A nota de Medeiros também reclama do “uso político, desrespeitoso e leviano” da situação e pede “empatia e respeito” com a família e amigos de José Roberto Feltrin. No entanto, o irmão disse não ver nenhum problema na divulgação do áudio e que concorda com o conteúdo da gravação.

“Faz  todo sentido o que meu irmão disse. Estou acompanhando a CPI da Covid no Senado  e sabemos que se tudo tivesse feito da forma certa em dezembro já era pra ter vacinas para todos,  mas o Governo Federal optou pela tese da  imunização de rebanho .  Um pessoal maluco, doente. Infelizmente, o José Roberto é mais uma vítima”, lamentou.

O Áudio

No áudio, divulgado pelo advogado Carlos Naves, amigos de José Roberto Feltrin há 25 anos, ele culpa Bolsonaro pela situação e Medeiros por apoiar todas as ações do presidente da República. Naves alega que a divulgação atendeu ao pedido do amigo e nega “uso político” da sua morte.

“Eu to mal pra caramba. A culpa é desse capitão bunda suja que não comprou vacina para nós”, disse José Roberto Feltrin, se referindo a Bolsonaro.

“É como se um filme tivesse passando na minha cabeça agora. Esse tal Medeiros também é responsável por tudo que está acontecendo com o povo brasileiro, esse maldito. Esse cara vem apoiando esse governo genocida, que vem sabotando a vacina desde o início. Já era para ter vacina para nós,  para pessoas da minha idade e não tem. Parece que esse retardado faz o que quer”, completou o assessor parlamentar. Ouça Abaixo

José Roberto Feltrin deixa esposa e filhos. O sepultamento aconteceu na última quarta (19), em Rondonópolis, onde ele residia.