Leonardo Rodrigues foi baleado em centro de umbanda em Rondonópolis — Foto: Facebook

Por G1 MT

Na ocasião, um adolescente de 17 anos foi assassinado a tiros. O pai de outro frequentador do local é o suspeito do crime e ainda não foi localizado pela polícia.

A motivação está sendo investigada pela Polícia Civil, entre elas, a hipótese de intolerância religiosa.

Segundo a família de Leonardo, o jovem passou por duas cirurgias entre segunda-feira (15) e terça-feira (16). A previsão é que a sedação seja retirada em breve. O local do crime é a casa de Leonardo e o centro religioso onde ele era responsável pelos encontros religiosos.

O suspeito do crime, que trabalha como caminhoneiro, entrou no local para buscar o filho de 13 anos, que estava no local, e atirou nas vítimas.

“O pai não aceitava que o filho seguisse aquela doutrina religiosa, que assim o suspeito foi até o local e desferiu vários tiros, finalizando com a morte da vítima”, diz trecho do boletim de ocorrência registrado pela Polícia Civil.

O crime é investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui