Grupo se reuniu em corrente de oração — Foto: Prefeitura de Guiratinga-MT/Assessoria

Por G1 MT

Moradores fizeram correntes de oração para pacientes que estão internados com Covid-19, dos municípios de Guiratinga e Chapada dos Guimarães. Em Guiratinga, os participantes ficaram no carro, primeiro no centro do eventos do município, e depois pararam em frente ao hospital da cidade, no domingo (14). Já em Chapada dos Guimarães, o ato ocorreu nessa segunda-feira (15), com distanciamento social.

Em Guiratinga, o ato foi iniciado por volta de 18h e todas as medidas de segurança foram tomadas para que os participantes não se contaminassem. Os moradores estavam nos seus respectivos carros sem contato com outras pessoas.

Cinco pastores e um representante da igreja católica fizeram as orações.

O prefeito Waldeci Barga Rosa (DEM) também participou da cerimônia e pediu que a população se cuide, faça a higienização correta das mãos e evite aglomerações.

Após a cerimônia no Centro de Eventos, os participantes se concentraram em frente ao hospital do município e oraram pela saúde das vítimas internadas. Depois disso, fizeram uma carreata em todos os bairros do município.

Em Chapada dos Guimarães, um grupo de mais de 50 pessoas fez uma corrente de oração para pedir a melhora dos pacientes.

Em Chapada, pessoas fizeram orações em frente à UPA — Foto: Prefeitura de Chapada dos Guimarães-MT/

Em Chapada, pessoas fizeram orações em frente à UPA — Foto: Prefeitura de Chapada dos Guimarães-MT/

Os participantes se encontraram em frente a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município e estavam mantendo distância para evitar aglomerações.

Naquele momento 12 pessoas com Covid-19 estavam internadas em leitos de enfermaria. Dentre elas, o secretário municipal de saúde Gilberto Mello. Ele foi transferido para Cuiabá nesta segunda-feira (15) para dar continuidade ao tratamento.

Outras quatro pessoas que estavam internadas na UPA tiveram alta nesta terça-feira (16).

Desde o início da pandemia, Guiratinga teve 217 casos confirmados de Covid-19 e 11 mortes pela doença. Em Chapada dos Guimarães foram registrados 928 casos de coronavírus e 32 mortes.

Mato Grosso enfrenta um novo pico da pandemia da Covid-19 e os hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS) está com ocupação máxima, sem leitos de UTI e uma fila com mais de 90 pacientes à espera de vaga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui