Carolina Holland | Seduc-MT Por DS

Aumento no número de matrículas ocorre após transformação das escolas

Trabalhar valores como disciplina, respeito à hierarquia e patriotismo estão entre as metas dos novos diretores de quatro escolas estaduais militares que tomaram posse esta semana, em cerimônia realizada no auditório da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT). As unidades de ensino ficam em Cáceres, Barra do Garças, Várzea Grande e Tangará da Serra.
“Sabemos da responsabilidade que foi atribuída a nós. Afinal, eram 650 alunos e hoje são 1.160 matriculados (em Várzea Grande). Vamos trabalhar valores morais, cívicos, disciplina, hierarquia, esse é o nosso foco. A parte pedagógica compete à Seduc e a nós compete trabalhar esses valores nas crianças e adolescentes”, disse o tenente-coronel PM RR Edivaldo Souza de Oliveira, que assumiu a E. E. Tenente-Coronel PM Louirson Rodrigues Benevides, em Várzea Grande.
Em Cáceres, onde a E. E. Natalino Ferreira Mendes recebeu também o nome de E.E. da PM Tiradentes CB PM RR David Maciel de Campos, o novo diretor afirmou que a procura dos estudantes aumentou e que tem recebido respaldo da comunidade.
“A dificuldade ainda é grande porque tudo é novo, mas estamos dando o melhor. Temos tido o apoio da assessoria pedagógica da Seduc e também vimos que a comunidade cacerense depositou uma confiança muito grande na escola militar. Temos a expectativa de diminuir a evasão escolar e melhorar os índices de aprendizagem”, disse o 2º tenente PM Paulo Pinto do Nascimento Jatobá.
Na E.E. da Polícia Militar Tiradentes 1º Tenente PM Salomão Fernandes Ferreira Piovesan, em Tangará da Serra, o novo diretor, capitão PM Márcio Pereira da Silva, reforçou o preparo dos policiais para as novas funções.
“O oficial da Polícia Militar é treinado para gestão de pessoas, para coordenar, para liderar pessoas. O novo modelo na educação de Mato Grosso vem somar a participação da PM com a dos professores. Vamos focar também no respeito, no civismo, esses valores são de fundamental importância”, declarou.
Segundo o diretor, que já é possível perceber a diferença em relação ao interesse dos estudantes. “De acordo com os professores, no ano passado havia aulas que eram acompanhadas por quatro, cinco alunos. Hoje, num universo de 30 alunos por turma, considerando o Ensino Fundamental, o índice de alunos em cada aula está superior a 20, 25”, disse.
Escolas militares
As quatro escolas estaduais recentemente transformadas em unidades militares terão a coordenação pedagógica sob a responsabilidade da Seduc-MT. Mato Grosso tem, atualmente, 12 escolas militares, em 12 cidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui