Operadora de trator, Erinelza dos Santos, em Mirassol d´ Oeste — Foto: Senar

Por Rachel Rocha, Centro América FM

As mulheres ganharam espaço no campo cada vez mais e estão ocupando vagas antes exclusivamente masculinas. O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar) aponta que 292 mulheres se capacitaram no ano passado.

Elas se tornaram aptas a operar máquinas agrícolas por meio dos cursos realizados em parceria com os sindicatos rurais.

A assistente administrativo Franceline Zanin é uma delas. Ela está na turma do curso de operador de máquinas com 12 pessoas e, destas, somente duas são mulheres. A assistente administrativo conta que decidiu se qualificar e teve o maior apoio do marido.

“Eu tive muito incentivo do marido para fazer o curso. Eu já acompanhava ele na lavoura. Ele fez o curso ano passado para se capacitar e me incentivou a fazer esse ano”, afirma.

Assim como a Franceline, muitas mulheres descobrem no trabalho do campo uma paixão, sem falar que elas recebem muitos elogios, cuidam das máquinas como cuidam da cada e da família.

“Acredito que mulheres conseguem operar uma máquina de grãos da mesma forma que um automóvel. Sejam fortes, guerreiras e encarem os desafios”, afirma.

Mulheres estão interessadas em trabalho no campo — Foto: Globo Rural/ TV Globo

Mulheres estão interessadas em trabalho no campo — Foto: Globo Rural/ TV Globo

Desde criança, Erinelza sonhava em operar a máquina, mas só pode realizar este sonho a partir de 2018 quando se capacitou para a função. “Eu tinha 10 anos de idade e já gostava, mais ainda não tinha força nem para segurar o volante”.