Para ser voluntário do CVV basta ser maior de idade e ter boa vontade — Foto: SupCom ALE-RR

Por G1 MT

Como quase todas as organizações privadas, públicas e sem fins lucrativos, o CVV teve impacto em sua forma de atuar durante a pandemia de Covid-19, porém agiu rapidamente e manteve ativo seu atendimento nacional e gratuito de apoio emocional.

A instituição tem mais de 120 postos em todo o país.

Em fevereiro de 2020, antes do isolamento social, somente 8% dos atendimentos eram realizados de maneira remota e, dois meses depois, já representava mais de 60% dos atendimentos.

Nem todos os voluntários conseguiram se adaptar ao modelo remoto e acabaram se afastando da atividade, mas nem com essa redução o CVV deixou cair o volume de atendimento.

Para aumentar a capacidade de atendimento, os postos do CVV realizam periodicamente os cursos gratuitos de capacitação e seleção para novos voluntários, no qual os candidatos são treinados e selecionados ao longo de cerca de dois meses.

Quase todos os postos adaptaram o Curso para o modelo remoto, garantindo segurança a todos participantes, sem deixar de atrair novas pessoas à equipe.

Para isso é necessário ter pelo menos 18 anos, tempo disponível para os plantões semanais e estar disposto a acolher pessoas que precisam conversar de maneira sigilosa. Não é necessária formação específica além do curso que o CVV oferece, pois, a entidade oferece apoio emocional, e não atendimento psicológico ou psiquiátrico.

A entidade é independente, sem vínculos políticos, religiosos, com a iniciativa privada ou outras instituições. Possui um convênio com o Ministério da Saúde para operação do telefone 188 sem comprometer sua independência de atuação.

Sobre o CVV

O CVV presta serviço voluntário e gratuito de prevenção do suicídio e apoio emocional para todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo.

Os mais de 3 milhões de atendimentos de 2020 foram realizados por cerca de 4 mil voluntários em mais de 120 postos de atendimento pelo telefone 188 (sem custo de ligação).