Mortes por Covid-19 aumentam 110% entre jovens em MT — Foto: Rogério Galasse/Estadão Conteúdo

Por Kethlyn Moraes, G1 MT

Em relação a janeiro, o aumento foi de 200%. Apesar da taxa de mortalidade por Covid-19 entre os jovens ser pequena no estado (menos de 2%), este mês já registra o maior número de óbitos desde o início da pandemia.

Até então, julho de 2020 era o mês em que mais jovens tinham sido vítimas da Covid-19 – veja no gráfico abaixo.

Mortes por Covid-19 em jovens entre 18 e 30 anos em MT

Mortes00113388161655776666557710102121Mar/20Abr/20Mai/20Jun/20Jul/20Ago/20Set/20Out/20Nov/20Dez/20Jan/21Fev/21Mar/21*0510152025

Jun/20
Mortes 8
Fonte: SES/MT – * Os dados de Março de 2021 são parciais, até o dia 23/03

No mês passado, houve um pequeno aumento e esse número foi para 10. Já em março, em 24 dias, 21 jovens morreram com Covid-19, o maior número desde então.

Destas mortes registradas em março, quatro foram em Cuiabá e duas em Várzea Grande. As outras foram em Primavera do Leste (4), Itiquira (1), Curvelândia (1), Juara (1), Rondonópolis (1), Nossa Senhora do Livramento (1), Paranatinga (1), Araputanga (1), Cáceres (1), Itanhangá (1) e Guarantã do Norte (1) e Pontes e Lacerda (1).

Dentro deste grupo, a faixa etária com maior número de mortes foi entre 27 e 30 anos, com 15 mortes. Em seguida foram jovens de 26 anos (2), 20 anos (2), 24 anos (1) e 22 anos (1).

Pior mês da pandemia

O mês de julho também era, até então, o pico da pandemia em número total de mortes, de todas as faixas etárias, com 1.213 óbitos. Agora, março atinge essa marca.

Antes de terminar, já é o mais fatal desde o início da pandemia em Mato Grosso. Até essa terça-feira (23), 1.227 pessoas morreram vítimas da Covid-19 no estado.

Nas últimas 24 horas foram 95 mortes no estado.

Na segunda-feira (22), o estado registrou o maior número de mortes em 24 horas desde o início da pandemia: foram 125 óbitos confirmados, média de 1 morte a cada 12 minutos.

Na última terça (19), o mês de março tornou-se o mais fatal da pandemia em todo o Brasil. O estado agora totaliza 7.033 óbitos causados pelo coronavírus e 292,8 mil pessoas infecatadas de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES).