Aprovação do governo Bolsonaro tem queda, mas é maior do em maio 2020

ALAN SANTOS/PR –

46,3% dos brasileiros aprovam administração Bolsonaro e 49% reprovam. Pior resultado foi em maio e melhor em dezembro

  • Mariana Londres, de Brasília

A aprovação do governo de Jair Bolsonaro teve leve queda agora no início de março e está em 46,3% ante 47,2% em janeiro, segundo dados de pesquisa de opinião feita pelo Instituto Paraná Pesquisas entre os dias 25 de fevereiro e 1º de março.

Já a desaprovação ao governo subiu, passando de 48,5% em janeiro para 49% em março. 4,6% dos entrevistados não sabem ou não opinaram.

REPRODUÇÃO

O índice de aprovação teve queda em relação às últimas pesquisas, de julho do ano passado para cá, mas ainda está acima do patamar registrado em maio de 2020, no auge da primeira onda da pandemia no novo coronavírus. Em dezembro de 2020 a aprovação da gestão do presidente ultrapassou a desaprovação, com 50,2% dos entrevistados aprovando a gestão, 45,3% desaprovando e 4,5% que não responderam.

Em maio de 2020, no pior cenário registrado para o governo pela pesquisa, 51,7% dos entrevistados desaprovavam a gestão Bolsonaro, 44% aprovavam e 4,3% não opinaram.

Os maiores índices de aprovação da gestão coincidem com o período de pagamento das últimas parcelas do auxílio emergencial no ano passado.

Avaliação
Avaliação ruim ou péssima tem crescido e regular caído nas últimas pesquisas. Bom e ótimo se mantém na margem
REPRODUÇÃO

A avaliação do governo Bolsonaro, quando os entrevistados respondem se a administração do governo Bolsonaro está ótima, boa, regular, ruim ou péssima, teve leve alta em relação à pesquisa passada, e está em 34% de bom ou ótimo, 23,7% de regular e 40,6% de ruim ou péssimo.

O Instituto Paraná Pesquisas ouviu uma amostra de 2.080 eleitores nas 27 unidades da federação. O grau de confiança do levantamento é de 95% e a margem de erro de dois pontos percentuais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui