Redação DS 

Além dos candidatos eleitos, os suplentes também serão diplomados

O prefeito eleito, Vander Masson (PSDB), assim como o vice-prefeito eleito, Marcos Scolari (PTB), e os 14 vereadores e vereadoras eleitos no último dia 15 de novembro em Tangará da Serra, para o quadriênio 2021/2024, serão diplomados pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), nesta quinta-feira, 17, a partir das 17 horas. Em Tangará da Serra e Nova Olímpia, a diplomação será conduzida pelo Cartório da 19ª Zona Eleitoral. Além dos candidatos eleitos, os suplentes também serão diplomados.

Neste ano, em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a diplomação será realizada de forma virtual, com acesso à sua transmissão através de link disponibilizado pela Justiça Eleitoral, em edital.
Na oportunidade, de acordo com o Juiz da 19ª Zona Eleitoral, Angelo Judai Junior, serão diplomados os candidatos eleitos, prefeito, vice-prefeito, vereadores e respectivos suplentes até a terceira suplência, dos municípios de Tangará da Serra e Nova Olímpia.
“A cerimônia consistirá na assinatura digital no sistema Diplomanet, pelo Juiz Eleitoral, dos diplomas dos eleitos e dos respectivos suplentes, momento a partir do qual ficarão disponíveis os diplomas para impressão pela Internet, com código de validação, pelo próprio candidato”, explicam em edital, ao afirmar que os candidatos eleitos e suplentes, omissos na prestação de contas, nos termos da Resolução 23.607/2019, não terão seus diplomas assinados. Os candidatos eleitos e suplentes estão obrigados a prestar contas de campanha até o dia 15 de dezembro. A não prestação de contas até esta data impede a diplomação e, consequentemente a posse.
A diplomação é o ato pelo qual a Justiça Eleitoral atesta quem são, efetivamente, os eleitos e os suplentes com a expedição e disponibilização do diploma devidamente assinado, habilitando-os a assumir e exercer os respectivos mandatos eletivos.

Em Tangará da Serra serão diplomados Vander Alberto Masson (PSDB) e Marcos Scolari (PTB), prefeito e vice-prefeito, respectivamente; além dos vereadores eleitos e suplentes do Democratas: Rogério Silva (eleito) e Claudinei Eduardo Ferreira, Adriel Silva Maia e Joas Nalini (1º, 2º e 3º suplentes, respectivamente); do MDB, o eleito Ademir Anibale e os suplentes Nilton Dalla Pria, Melquezedeque Ferreira Soares e Daniela dos Santos; do PDT o eleito José de Almeida Bandeira, e os suplentes Silvio Sommavilla, Celio Roberto dos Santos e Geraldo Santana da Silva; do PSD o eleito Helio José Schwaab e suplentes Valdenei Carlos Alberti, Heitor José Godrim e Cleber de Matos Macedo; pelo PSL o eleito Carlos Eduardo Silva Sanches e suplentes Horácio Gomes Pereira, Maurício Gomes e José Gomes Ferreira; pelo PSB será diplomado o vereador eleito Marcos Davi Santos Oliveira e os suplentes Anelisa Vitorino de Oliveira, Isaque dos Santos de Oliveira e Carlos Pereira da Silva. Pelo PTB o eleito Sebastian Ramos e suplentes Edimar Marcelo de Oliveira, Adilson Gonçalves de Oliveira e Zaqueu Pinto da Silva; pelo PV Romer Sator Yamashita e suplentes Tania Niclotte, Marcia Kiss e Magno Cesar Ferreira. Pelo PSDB serão diplomados eleitos os vereadores Valdeneide Ferreira Santana, Sandra Burali Garcia e Fábio da Silva Brito; e os suplentes Vagner Constantino Guimarães, Wilson Verta e Edgar Laurini. Pelo Podemos os eleitos vereadores Edmilson Porfírio, Nivaldo Pereira da Silva e Elaine Antunes de França Santos; e os suplentes Altair Ribeiro de Oliveira, Luciano da Silva Gois e Rogério Rio.

De Nova Olímpia serão diplomados prefeito e vice, José Elpídio de Morais Cavalcante e Rimer de Oliveira; e também nove vereadores eleitos e outros 15 suplentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui