Três presos fugiram de penitenciária em Água Boa (MT) e eram procurados pela polícia — Foto: Divulgação

Por G1 MT

Foi feito cerco aos foragidos nas proximidades de Serra Dourada – Distrito de Canarana (MT), mas eles estavam dentro de um plantio de soja. Como a plantação estava muito alta, a visibilidade e o acesso imediato foram prejudicados, e as forças de segurança não conseguiram recaptura-los.

A equipe do Núcleo de Inteligência da Penitenciária recebeu, então, a informação de que um veículo conduzido por um homem monitorado com uso de tornozeleira eletrônica poderia ter dado apoio na fuga e estava em deslocamento para a região de Vila Rica.

Penitenciária Major PM Zuzi Alves Da Silva - Água Boa — Foto: Sesp-MT

Penitenciária Major PM Zuzi Alves Da Silva – Água Boa — Foto: Sesp-MT

Os policiais revidaram os tiros e, em perseguição, conseguiram prender o homem que supostamente dava apoio. Na sequência, dois dos fugitivos foram presos já na cidade de Santana do Araguaia (PA).

O terceiro recuperando estava no veículo que furou o bloqueio policial em Vila Rica e, após ser alvejado na perna durante a troca de tiros, buscou ajuda no Hospital Municipal, já que o ferimento começou a infeccionar.

Dessa forma, as forças de segurança de Mato Grosso foram acionadas e recapturaram o último fugitivo.

A unidade penal irá instaurar Procedimento Administrativo Disciplinar Interno a fim de apurar a prática de ato de indisciplina pelos recuperandos, em função da fuga, que é considerada infração administrativa de natureza grave, conforme art. 50, II da Lei de Execução Penal (LEP).

A fuga

Os três presos fugiram na madrugada do dia 3 de fevereiro de 2021. Durante a conferência diária dos presos pela equipe que tinha acabado de assumir o plantão, foi notada a falta deles, na ala 05. Os três serraram as grades do banheiro e, usando uma corda artesanal (maria tereza), pularam o muro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui