Por G1 MT

A vacina é desenvolvida pela empresa Sinovac Life Science Co., da China). Ela é derivada do novo coronavírus Sars-Cov-2 que, após inativação, concentração, purificação e adsorção de hidróxido de alumínio, deve ser aplicada em duas doses intramusculares, com intervalo de 15 a 21 dias.

O Hospital Júlio Müller está fazendo parte de um ensaio multicêntrico brasileiro, para avaliar a eficácia e a segurança dessa vacina.

Nesta fase, a vacina será disponibilizada somente a voluntários profissionais de saúde, que são mais expostos aos vírus.

O estudo está sendo executado pelo Instituto Butantan em 16 centros de estudos espalhados em sete estados brasileiros, incluindo Mato Grosso nessa parceria.

Os voluntários para essa fase de avaliação da vacina serão profissionais de saúde que estejam trabalhando na assistência à Covid-19.

Os pré-requisitos são: atuar como médicos, enfermeiros, bioquímicos, farmacêuticos, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, psicólogos, nutricionistas, fonoaudiólogos, dentistas, com registro em conselho de classe (exigência da Anvisa), idade acima de 18 anos e sem limite superior de idade, desde que esteja atuando na atenção a pacientes com a Covid-19.

No total a meta é ter 800 voluntários no estado.

Ainda existem vagas. Quem se encaixar no perfil e tiver interesse em participar desse ensaio como voluntário deve entrar em contato pelos telefones (65) 3615-7319, (65) 98466-5246, (65) 98466-5246 – WhatsApp -, e responder ao questionário de avaliação disponível na página do Instituto Butantan.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui