Rondonópolis é a cidade que mais gerou novas vagas de emprego — Foto: Wheverton Barros/ Secom de Rondonópolis-MT

Por G1 MT

As 15 cidades que tiveram maior abertura de vagas:

  • Rondonópolis (2.315)
  • Várzea Grande (2.170)
  • Sinop (1.828)
  • Sorriso (1.408)
  • Aripuanã (1.444)
  • Primavera do Leste (1.208)
  • Lucas do Rio Verde (1.206)
  • Nova Mutum (1.017)
  • Pontes e Lacera (880)
  • Campo Verde (675)
  • Nova Xavantina (631)
  • Alta Floresta (522)
  • Sapezal (407)
  • Tangará da Serra (406)
  • Querência (400)

Esses municípios ficaram bem acima de Cuiabá, que gerou apenas sete novas vagas de trabalho em 2020.

No estado, foram oito meses com saldo positivo e quatro com mais demissões que contratações, entre eles dezembro, quando foram demitidas 3.549 pessoas a mais que número de novos contratos de trabalho.

Foram 353.057 contratações e 331.087 desligamentos, totalizando os 21.970 novos postos de trabalho.

Dessas vagas de empregos formal, a maioria, representada por 8958, foram geradas no comércio.

O segundo setor que mais criou empregos formais foi o de serviços, com 4.726 novas contratações, seguido da indústria, construção civil e agropecuária.

Fechamento de vagas

No estado, 33 municípios tiveram mais demissões que contratações em 2020. Entre as cidades que fecharam mais postos de trabalho, estão:

  • Jaciara (-198)
  • São Félix do Araguaia (-185)
  • Campos de Júlio (-157)
  • Juruena (-100)
  • São Pedro da Cipa (-99)
  • Cáceres (-89)
  • Jangada (-73)
  • General Carneiro (-48)
  • Guarantã do Norte (-45)
  • Nova Olímpia (-37)
  • Feliz Natal (-36)

O estado fechou o ano na 3ª colocação na criação de empregos no país, atrás do Paraná e Goiás.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui