Fonte: Yuri Ramires/GD
Sargento da Polícia Militar, Ezio da Silva Leal, 51, morreu após ser baleado pelo próprio filho, um menor de 17 anos, após uma briga na casa da família, no bairro Jardim São Luiz, na noite de quarta-feira (25), em Cáceres (225 km ao Oeste de Cuiabá). A vítima foi atingida por um tiro no tórax.
Conforme apurado pelo , Polícia Militar foi acionada via 190, em caráter de urgência, para atender uma ocorrência na casa de um sargento. As informações preliminares davam conta de que ele estava ferido após ser baleado.
Quando chegaram no local, encontraram a vítima no solo e fizeram o resgate, encaminhando o sargento para o Hospital Regional. Ele chegou a receber atendimento, mas não resistiu e acabou morrendo. O sargento foi atingido por um tiro no tórax.
Populares informaram aos policiais que o autor do crime era o filho da vítima, que fugiu do local após os tiros. Em rondas, a Força Tática conseguiu localizar o menor, que recebeu voz de prisão. Ele já estava sem a arma usada no crime e afirmou que entregou o revólver para o tio.
Em diligencias, a arma foi encontrada no local do crime. Ela foi apreendida e encaminhada para a delegacia junto com o suspeito. Na casa, perícia encontrou vestígios da briga constatou que Ezio tinha perdido muito sangue.
A motivação da briga entre pai e filho não foi informada. Além da vítima e do suspeito, estava na casa o filho mais novo do sargento. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui