Em Juína a venda de bebidas alcoólicas foi temporariamente proibida por decreto da prefeitura local. Por conta disso, mercados da cidade acabaram interditando prateleiras e freezers.

Os comerciantes vedaram as gôndolas com fitas e comunicados avisando sobre a nova regra.

A vedação se deve a uma estratégia da administração municipal para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus na cidade, onde, proibindo a comercialização de bebidas, o município entende que pode reduzir o volume de aglomerações.

A proibição teve validade de uma semana e à meia noite desta segunda-feira, 01, o prazo vence, podendo ser ampliado, ou sendo retomada a comercialização já a partir de terça-feira.

Durante esse período, bares, botecos, lanchonetes, restaurantes, mercados, supermercados, padarias, trailers de comidas e distribuidoras ficaram proibidos de vender bebidas alcoólicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui