Consumo de carne bovina — Foto: Montagem G1

Por G1 MT

Mais de 90% das pessoas dizem que mudaram o cardápio após aumento no preço da carne, diz enquete do G1 — Foto: G1 MT

Mais de 90% das pessoas dizem que mudaram o cardápio após aumento no preço da carne, diz enquete do G1 — Foto: G1 MT

Outros 6.96% disseram que não e que optaram por priorizar o consumo de carne e cortar outros gastos. 2.53% disseram que não sentiram o aumento.

A enquete, que não possui caráter científico, foi realizada pelo G1 e lançada nessa quarta e quinta-feira (11).

Aumento

O preço do quilo da carne bovina teve aumento em todos os cortes e o consumidor final tem sentido o impacto financeiro, principalmente, durante a pandemia da Covid-19.

O corte que mais aumentou, entre fevereiro de 2020 e fevereiro deste ano, foi o coxão duro, que encareceu 38,64% nesse período, conforme dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui