Lennon Ferreira Corezomaé (Pode) fez, mais uma vez, história ao se tornar o primeiro indígena eleito vereador no município de Barra do Bugres. “Mais uma vez” porque pioneirismo não é nenhuma novidade na história de vida do professor, aprovado em primeiro lugar em concurso público estadual. Ele já havia sido o primeiro indígena a concluir graduação no curso de Licenciatura em Educação Física na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), no interior de São Paulo, e ainda, o primeiro indígena a cursar e também concluir o mestrado na mesma instituição.

Lennon havia sido escolhido previamente para representar a Aldeia Umutina/Balatiponé na corrida pelo Legislativo barrabugrense. Agora, aos 30 anos de idade, ele foi eleito para representar toda a população de Barra do Bugres após ter recebido 240 votos na proporcional. Ele agradeceu ao seu eleitorado pela condução histórica ao cargo de vereador.

“Essa é uma vitória que é de todos, porque a nossa luta foi por todos. Chegamos à vitória juntos e nós viemos agradecer aos 240 votos que nós tivemos durante essa eleição aqui no nosso município. Às pessoas da população Balatiponé/Umutina que ajudaram, que fortaleceram a nossa luta, que chegaram junto com a gente, não desanimaram, nos impulsionaram a todo momento, à população de Barra do Bugres que também contribuiu para a construção dessa história. É isso que nós estamos fazendo, nós estamos construindo história dentro do nosso município”, afirmou em vídeo publicado nas redes sociais.

O vereador eleito prometeu lutar por avanços em políticas públicas nas áreas da educação, da saúde através da reativação do Hospital Regional do município, da agricultura familiar passando pelo suporte aos pequenos produtores rurais, meio-ambiente e do ecoturismo.

Mais um indígena a ser aclamado pelo eleitorado em Mato Grosso foi Leonardo Xavante (PV). Ele se reelegeu vereador sendo o terceiro candidato que mais recebeu votos no município de Santo Antônio do Leste. Nascido em Jataí-GO, o indígena de 31 anos vive na Aldeia Água Limpa, na região do pequeno município mato-grossense, desde que seu pai faleceu em 2013. Leonardo obteve 143 votos.

Fonte: Bem Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui