Por G1 MT

Ao todo, 143 veículos foram leiloados. Em sua maioria, são veículos utilizados no tráfico de drogas.

Somente com os bens provenientes do tráfico de drogas foram arrecadados R$ 3.442 milhões. Já em relação aos bens do crime organizado foram R$ 4.335 milhões. Boa parte dos bens é denominado com perdimento para a União, que são de ações judiciais já transitado em julgado (encerrado).

A maior arrecadação foi na venda dos veículos, que totalizou pouco mais de R$2,9 milhões, seguido de bovino, que arrecadou mais de R$ 2,7 milhões.

Outras valores foram da venda de imóveis, R$ 480 mil e implementos agrícolas, com pouco mais de R$ 359 mil.

Dos bens leiloados do tráfico de drogas parte dos recursos vai retornar para os cofres do estado para serem revertidos em ações de repressão a estes tipos de crime, segundo a Sesp.

Atualmente, 475 veículos estão no pátio da secretaria e aguardam autorização para leilão. Destes, 80 unidades foram recebidas em 2020.

Todos os bens eram listados com a especificação no site oficial com data de início e fim dos lances.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui