Tiago Alberioni, de 37 anos morreu em decorrência da Covid-19 — Foto: Arquivo pessoal

Por Amanda Sanches e Emerson Sanchez, TV Centro América

Em nota, o Conselho Regional de Fisioterapia de Rondonópolis lamentou a morte do profissional.

Tiago foi internado no dia 5 de dezembro de 2020. Dois dias depois ele apresentou piora no quadro de saúde e foi para UTI.

De acordo com a família, o fisioterapeuta era bariátrico e diabético. Ele não resistiu às complicações causadas pelo coronavírus e morreu.

A família afirmou que ele era uma pessoa querida e que foi um choque para todos que conviviam com ele.

A morte de Tiago ainda não aparece no relatório mais recente divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de Rondonópolis.

O irmão do profissional informou que não teve velório devido às medidas de prevenção ao vírus. O enterro foi em Cuiabá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui