Tangará em Foco  Por DS

São 60 pais de família que estão há 90 dias sem poder trabalhar

Em sua página no Facebook o jornalista Marcos Figueiró postou uma fotografia do camelódromo de Tangará da Serra fechado em plena segunda-feira, 15. “Hoje, meio dia, e as lojas do Camelódromo fechadas. Por causa da Pandemia? Não. O motivo é o prefeito de Tangará da Serra Fábio Junqueira que decidiu tirar esses trabalhadores do centro da cidade”.

Por mensagem de aplicativo ele respondeu dizendo que a situação é grave. “A desculpa agora é a pandemia, mas desde janeiro deste ano o prefeito vem movendo a máquina pública para tentar fechar o camelódromo. E impedir pais de família de trabalhar é errado. Eu estive lá hoje na hora do almoço e conversei com o presidente da associação. Tem gente ali em grandes dificuldades financeiras”, relata.

Marcos disse que a situação chama ainda mais a atenção quando se compara o camelódromo com o restante do comércio. “Desde o início, quem tem um pouco de juízo via que o fechamento do comércio era exagerado, absurdo. Agora, pior ainda, porque depois de muitos protestos do povo o prefeito decidiu reabrir, mas deixou para trás os camelôs. São 60 pais de família que estão há 90 dias sem poder trabalhar pela decisão de um único homem sem coração, o prefeito”.
Solução
“Eu não sei o prefeito vai ouvir. Eu acredito que não. Mas eu sei de uma coisa, se nós nos acostumarmos a obedecermos a ordens injustas bovinamente, vamos terminar muito mal. A situação dos camelôs é de uma injustiça gritante e não é possível que os tangaraenses vão aceitar calados a essa ditadura”, afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui