Desde a divulgação do primeiro exame com teste positivo para o novo coronavírus em Cuiabá, na segunda-feira (16), diversas instituições de ensino têm suspendido as aulas de forma preventiva. Escolas particulares, institutos e até mesmo universidades já anunciaram que as atividades acadêmicas dos próximos dias estão adiadas.

Nos níveis fundamental e médio, conforme decreto baixado pelo governador Mauro Mendes (DEM), as atividades escolares da rede pública estão suspensas a partir da próxima segunda-feira (23) até o dia cinco de abril.

A rede pública, contudo, não foi a única a sofrer com os desdobramentos da pandemia. Por meio de notas oficiais, alguns colégios da Capital anunciaram a suspensão de suas atividades, são eles: Notre Dame de Lourdes (a partir de 18/03), Salesiano São Gonçalo (23/03 a 07/04), Maxi (23/03 a 13/04), Cooperar (23/03 a 05/04), Plural (18/03 a 05/04), Chave do Saber (23/03 a 14/04), Master (18/03 a 12/04) e CIN (23/03 a 05/04).

Os Institutos Federais de Mato Grosso também suspenderam suas atividades cumprindo, assim, medidas de prevenção e enfrentamento ao vírus. O anúncio foi feito no canal oficial do IFMT, apontando que as aulas estão suspensas desta terça-feira (17) até o dia 11 de abril.

A tensão por conta da pandemia alcançou, até mesmo, as unidades de ensino superior. Na segunda-feira, a Universidade de Cuiabá (Unic), a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) anunciaram a suspensão de suas atividades.

Conforme anunciado pelo HNT/HiperNotícias, as medidas preventivas de contenção ao avanço do coronavírus atingiram diversos setores sociais além da educação, dentre eles a política e o lazer.

Fonte: Hipernotícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui