Três pessoas foram abordadas em posse de R$ 7.500

A Polícia Judiciária Civil de Tangará da Serra conseguiu deter um grupo de pessoas que, segundo a investigação, portava um volume considerável de dinheiro em espécie, porém, sem origem aparente. A investigação apontava para possível envolvimento dos mesmos com tráfico de drogas.

De acordo com as informações repassadas pelo delegado Adil Pinheiro, esses indivíduos vieram de Cuiabá com objetivo de promover o tráfico de drogas em Tangará da Serra. “Monitoramos e com o apoio da Polícia Militar conseguimos abordá-los, quando já retornavam à capital. Três pessoas foram abordadas, duas mulheres e um homem que estavam de posse de R$ 7.500”, explicou.

Segundo o delegado esse dinheiro ficou apreendido, tendo sido depositado em uma conta judicial, justamente por não possuir origem lícita explicada. “Dos três conduzidos até a delegacia, uma mulher estava com o mandado de prisão em aberto, por conta de uma operação recente desencadeada pela Polícia Civil e Polícia Federal de Cuiabá, não tendo sido capturada semana passada pela operação, mas capturada em Tangará”, confirmou o delegado.

Os demais ocupantes do veículo foram liberados e a mulher com mandado em aberto permaneceu detida. “A outra mulher que estava no veículo também possui passagem pela polícia, porém, como não foi encontrado drogas com eles no momento da abordagem, foram liberados. O dinheiro fica detido até que eles provem a origem do dinheiro para retirá-lo”, concluiu Adil Pinheiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui