Por Bárbara Fava, TV Centro América

Depois de um fim de ano com festas e aglomerações, os números de novos casos e mortes provocadas pela Covid-19 voltaram a subir em Mato Grosso. A preocupação é com a taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na rede pública.

De acordo com os dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES), em 15 dias foram registrados quase 10 mil novos casos de coronavírus no estado e 188 mortes. Só nessa terça-feira (5), mais de 700 casos foram confirmados.

Para a secretária adjunta executiva da SES, Danielle Carmona, as festas de fim de ano contribuíram para aumentar os casos.

No entanto, na avaliação da secretária, diferente do ano passado, agora o estado está mais preparado para atender as vítimas, já que há mais leitos de UTI.

No estado a taxa de ocupação de leitos de UTIs para Covid-19 pelo SUS já está em 51%. Atualmente, Mato Grosso mantém 418 leitos dedicados ao tratamento da doença em 21 hospitais diferentes e agora 206 leitos estão ocupados.

A situação é mais grave na região norte do estado. O Hospital Regional de Sinop, que atende a pacientes de dezenas de municípios, está com 89% dos leitos ocupados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui