A cerimônia será marcada pelo lançamento do novo projeto de ocupação da Casa Cuiabana, aproveitando todas as salas como espaços de criação artística e co-working

Após 10 anos sem receber uma obra completa de manutenção predial, o Centro Cultural Casa Cuiabana começa 2020 oferecendo melhor infraestrutura para os artistas, produtores culturais e público. O espaço, que é muito utilizado em projetos artísticos de formação cultural e eventos, foi revitalizado, e a obra será entregue nesta segunda-feira, 2 de março, às 19h, pelo governador Mauro Mendes e o secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), Allan Kardec Benitez.

A cerimônia contará com apresentações artísticas de dança e música, cuja atração especial será um show do trio Pescuma, Henrique e Claudinho, comemorando 25 anos do grupo. O evento será gratuito para a população
A entrega ainda será marcada pelo lançamento do novo projeto de ocupação da Casa Cuiabana, aproveitando nove salas como espaços de criação artística e co-working. O superintendente de Políticas Culturais da Secel, Jan Moura, explica que, entre as melhorias, serão instalados novos equipamentos de som e iluminação para propiciar um ambiente adequado aos ensaios e apresentações de teatro e dança, por exemplo.
Também será montado um estúdio de gravação musical e, no quintal cuiabano, haverá uma tenda para os shows abertos, cobrindo a arena quando houver necessidade.
Entre as melhorias já realizadas na infraestrutura do prédio estão acessibilidade, instalações elétricas, hidráulica, esquadrias, cobertura, banheiros, forro, pavimentação, piso antiderrapante, praça e jardim. Uma das mudanças perceptíveis é a nova pintura, em tom de amarelo na fachada, que busca trazer a cor original da edificação, construída no século 18.
Patrimônio histórico e cultural desde 1983, vale ressaltar que a obra de revitalização respeitou e preservou as características originais do prédio. A novidade é o acesso à internet, que era uma demanda antiga dos usuários do espaço cultural, e agora será disponível para o desenvolvimento dos projetos.
Mesmo com a obra, que durou em torno de quatro meses, a Casa Cuiabana ficou aberta, e manteve a programação de eventos e projetos de formação de música, teatro, dança, informática, artes plásticas e capoeira.
Para o mês de março, o espaço já tem programado três eventos (Feira de Mulheres Empreendedoras (07.03), evento de capoeira (14).03 e Feira do Vinil e de Antiguidades (21.03), todos aos sábados. Também está aberta para o público a exposição Irigaray – Arte – Ikuiapá, com obras inéditas do artista, até o dia 07 de março.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui