AtualMT  Por CLICK NOVAOLIMPIA

Criminosos foram presos após operação da Polícia Civil

Áudios obtidos pela Polícia Civil demonstram como eram feitas as articulações entre assaltantes e um ex-segurança de uma mineradora, que foi alvo de um assalto milionário no dia 28 de novembro, no município de Nova Lacerda (546 km da Capital). Os criminosos fugiram levando 25 quilos de ouro, joias, armas além de cédulas de dinheiro.

De acordo com o delegado João Paulo Berté, as conversas foram entregues pelo investigado, Carlos José Jesus (Sergipe), que na gravação aparece acertando os detalhes do assalto com o ex-segurança José Ribeiro Neto, através do aplicativo WhatsApp. Ele foi preso nesta quarta-feira (16) por repassar informações que subsidiaram o crime, na cidade Tangará da Serra (186 quilômetros da capital).

– José: E aí, ta sabendo de mais alguma coisa?

– Carlos: Eaí, por hora ainda não, ninguém foi espantado não.

– José: Eaí, você vai aquela hora mesmo que eu te falei ou não?

– Carlos: Isso, nós vamos sair daqui umas quatro e meia… beleza? Nós vamos “mocá” naquela primeira missão mesmo… Só na casa do velho, todo mundo. Vamos pra casa do velho conversar sobre o projeto.

– José: Isso, desse jeito mesmo, conversando com ele, todo mundo, né… A coisa da certo, entendeu? Não esquecendo as coisas que eu te falei. Do outro pessoal, do wi-fi, “pá”, não esquece.

– José: É conversando com o patrão que a gente consegue emprego, né? Se é que você me entende.

– Sérgio: Então “pô”, na cozinha né? Tô ligado.

O roubo ocorreu no dia 28 de novembro quando um grupo de aproximadamente 15 pessoas invadiram uma mineradora no município de Nova Lacerda. Vídeos registrados pelo circuito de segurança flagraram o momento que a quadrilha deixa o empreendimento com o material roubado em uma caminhonete.

Antes disso, um dos suspeitos encapuzados chega a efetuar um disparo da carroceria do veículo, que arranca em alta velocidade. Na ocasião, nove pessoas foram presas em flagrante, sendo também apreendidos quatro armas de fogo e quatro veículos.

Parte do grupo criminosos foi ocalizado pelas Forças de Segurança, ainda nas proximidades da empresa.Em continuidade aos trabalhos investigativos, no dia seguinte (30), mais três envolvidos no roubo foram presos em Pontes e Lacerda e parte do ouro roubado foi recuperado. Com a prisão dos suspeitos, as investigações aprofundaram sendo possível identificar mais quatro participantes da ação criminosa, entre eles um menor de idade.

Os trabalhos resultaram ainda na apreensão de uma motocicleta de um dos foragidos que foi localizada pelos policiais de Vila Bela da Santíssima Trindade. Durante as buscas em uma das residências, os policiais aprenderam certa quantidade de entorpecentes que resultou na prisão em flagrante de uma mulher que foi encaminhada para a Delegacia de Pontes e Lacerda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui