Primeiras 300 mil doses desembarcaram na capital Buenos Aires e ministro promete distribuição gratuita por todas as províncias

O Ministério da Saúde da Argentina anunciou que aprovou em caráter emergencial o uso da vacina russa Sputnik V na população. As primeiras 300 mil doses chegaram ao país em um voo fretado nesta quarta-feira (23).

No Twitter, o ministro da Saúde, Gines González García, afirmou que o imunizante será aplicado gratuitamente e em todo o país. “Contar com esta vacina permitirá melhorar a saúde dos argentinos e das argentinas”, escreveu na rede social.

Gárcia disse na rede social que o país “começará uma logística nunca antes realizada para uma distribuição federal e equitativa com cada uma das províncias argentinas.”

Segundo fontes oficiais ouvidas pelo jornal La Nacion, a vacinação na Argentina deve começar na próxima segunda-feira (28).

A vacina desenvolvida pela farmacêutica Pfizer já foi aprovada pelas autoridades do país vizinho. Espera-se que o imunizante desenvolvido pela AstraZeneca também seja autorizado em breve.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui