Investigação e prisão foram feitas pela PJC

A Polícia Judiciária Civil de Tangará da Serra conseguiu capturar dois suspeitos de terem assassinado um jovem para roubarem seu aparelho celular. O crime aconteceu na cidade de Aripuanã e os suspeitos estavam escondidos em Tangará.

De acordo com as informações repassadas pelo investigador da PJC, Lázaro Ribeiro, o crime qualificado como latrocínio (roubo seguido de morte) aconteceu ainda no carnaval do ano passado.

“Recebemos informações da delegacia de Aripuanã que os suspeitos estarias em Tangará da Serra. Localizamos o endereço onde supostamente estariam morando e fomos até a residência. Ao chegarmos encontramos duas pessoas, efetuamos a checagem e identificamos que um deles estava com um mandado de prisão em aberto”, explicou.

Segundo o investigador, durante a checagem, identificou-se que o segundo indivíduo na residência estava envolvido no mesmo processo. “A delegacia de Aripuanã nos informou que os dois suspeitos teriam assassinado um jovem no carnaval e ainda furtaram o celular da vítima. Os dois estavam foragidos da Justiça, escondidos em Tangará”, completou Lázaro.

A detenção dos acusados aconteceu na manhã desta terça-feira. O policial informou ainda que a arma utilizada para assassinar a vítima foi uma faca. O jovem ainda chegou a receber socorro na ocasião, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui