Por Denise Soares, G1 MT

De acordo com a Polícia Militar e a Polícia Civil, Batista é acusado de ameaça e tentativa de homicídio. O G1 não localizou o advogado dele.

Segundo o boletim de ocorrência da PM, o ex-mister foi detido por um bombeiro que testemunhou a briga. Ele afirmou aos policiais que viu Batista agredindo e tomando a arma do policial militar, também de 29 anos.

O empresário e ex-mister Cuiabá, Michael Bruno Silva Batista, de 29 anos, foi preso na madrugada desta segunda-feira (26) em Cuiabá — Foto: Facebook

O empresário e ex-mister Cuiabá, Michael Bruno Silva Batista, de 29 anos, foi preso na madrugada desta segunda-feira (26) em Cuiabá — Foto: Facebook

O ex-mister Cuiabá também tentou agredir o bombeiro, que reagiu com um soco no rosto do suspeito.

Depoimento à Polícia Civil

Na Central de Flagrantes de Cuiabá, Batista afirmou que estava indo embora com a namorada e aguardava a entrega do carro dele, uma BMW, pelo manobrista da boate. Quando o funcionário chegou com o veículo, um homem, que seria o policial, disse que o carro era dele.

O ex-mister Cuiabá disse que o policial sacou a arma, e eles começaram a brigar. Ele também contou que não sabe quem fez os disparos.

Testemunhas afirmaram que a briga, de fato, começou com a BMW, já que os dois teriam o mesmo tipo de carro.

O delegado de plantão, Marcelo Fernandes Jardim, enviou um ofício ao Poder Judiciário e ao Ministério Público sobre a prisão em flagrante de Batista por desacato e tentativa de homicídio. O ex-mister será encaminhado para audiência de custódia em Cuiabá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui